site statistics

Como cultivar um limoeiro: dicas e cuidados essenciais para plantar corretamente

Aqui você verá os procedimentos para cultivar um limoeiro e conseguir assim uma colheita saudável

Se a vida te dá limões, faça uma limonada, diz um velho ditado. Mas, a oportunidade pode ser também para conseguir cultivar um limoeiro. Seja em uma plantação de grande porte ou mesmo em um quintal caseiro. Logo, neste dia 13 de fevereiro, o Agronews, do site Jornal Prime, vai ajudar na sua plantação.

Mas, um pouco de cuidado e paciência é necessário para tal. Assim como saber o que está fazendo para garantir que o momento de cultivar um limoeiro seja forte e próspero.

Leia mais: Árvores frutíferas que crescem rápido: pouco cuidado e muitas frutas

Como cultivar um limoeiro: dicas e cuidados essenciais para plantar corretamente - Foto: Pixabay
Como cultivar um limoeiro: dicas e cuidados essenciais para plantar corretamente – Foto: Pixabay

Passo-a-passo sobre como cultivar um limoeiro

Então, se você se interessa em cultivar um limoeiro, aqui apresentaremos os passos necessários para isso. Como esta matéria dá valor a um alcance amplo para o plantio, vamos nos focar na plantação de um limoeiro para jardim. Afinal, é um meio acessível e simples para que qualquer cidadão possa plantar essa árvore.

Defina qual o limoeiro que você quer

Primeiramente, é importante ter consciência sobre qual tipo de limoeiro você quer plantar. Afinal, embora a espécie citrus limon corresponda ao limoeiro comum, ela se divide em uma variedade de subtipos. Eis aqui alguns dos comuns:

  • Siciliano – A espécie padrão de limão, típica de climas temperados;
  • Eureka: Também bastante comuns e abundantes no comércio;
  • Austrália – Adequado para quem quer cultivar limões resistente e duráveis;
  • Lisboa – Produz limões mais ácidos, mas com bastante suco;
  • Vila Franca – Resistente e gera muitas sementes.

A escolha do tipo de limoeiro dependerá dos seus interesses. Você pode querer apenas uma árvore para produzir limões com abundância, ou mesmo fazer do próprio limoeiro seu objeto de cultivo.

Observar as condições para o cultivo

Seja qual for o tipo de limoeiro de sua preferência, também importam as condições climáticas para o plantio. Afinal, nem todos os limoeiros são propícios ao clima tropical que é o característico do território brasileiro.

É o que acontece com o Siciliano, que embora seja o mais comum, é típico de países temperados. Plantios desse tipo em climas tropicais costumam ser de baixa qualidade. Por sua vez, tipos como Eureka e Vila Franca conseguiram melhor aceitação no solo nacional.

Veja também: Aprenda como plantar limão na xícara e veja quanto tempo pode dar frutos

A hora e vez de plantar o limão

Feitas as ressalvas, é o momento de indicar como será realizado o plantio. O passo inicial é a estação certa para introduzir a semente do limoeiro ao solo. Como estamos falando de uma planta típica de climas temperados, o ideal é cultivar durante o outono.

O motivo é que essa é a estação de forte umidade e clima propenso às chuvas. Ao mesmo tempo, apresenta temperaturas mais amenas comparadas às do verão. A frescura típica do momento e o sol mais fraco também são fatores que favorecem o desenvolvimento do limoeiro.

Atenção ao solo

As condições do solo também são relevantes para cultivar um limoeiro. A fertilidade do terreno deve corresponder a uma localização em uma clareira ensolarada e bem arejada. A abertura do buraco para plantio deve ter 40 cm de profundidade e uma espessura de 7×5 m.

Outro ponto importante é sobre a necessidade de drenagem. Como toda planta, o limoeiro precisa de água. Mas, o excesso de líquido pode estragar os resultados do cultivo. O equilíbrio é encontrado com o uso de fertilizantes.

Quanto tempo dará frutos

O amadurecimento completo de um limoeiro leva uma média de três anos contados a partir do primeiro dia do cultivo. Espere mais um mês para poder realizar a coleta dos limões. Cada limoeiro pode até 100 quilos por limão.

Dessa forma você tem o sucesso para cultivar um limoeiro adequadamente. Ainda assim, sempre verifique as condições no seu jardim caso deseja que o plantio tenha bons resultados.

Antes de você sair: Orquídeas da Amazônia: saiba como plantar e cuidar, a última dica é a mais importante

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler mais

Política de Privacidade e Cookies