site statistics

Alimentos ricos em Ômega 3 que não podem ficar de fora da dieta

Você sabe qual a importância do Ômega 3 para a nossa saúde e em quais alimentos ele está presente?

Alimentos ricos em Ômega 3 são essenciais para o corpo, visto que são formados por ácido graxo e proporcionam benefícios incontáveis. Nesta quarta-feira, 26 de janeiro, o Agro News, do site Jornal Prime, vai te mostrar como ele ajuda na saúde cardiovascular e neurológica, e não pode ficar de fora da dieta.

É importante entender quais alimentos comer que sejam ricos em Ômega 3, pois eles vão atuar em diversos aspectos da saúde humana. Assim, mesmo naquela dieta para perder os indesejáveis quilinhos, o Ômega 3 não pode ficar de fora. Mas, onde ele está mais presente?

Em seguida, leia também: Como armazenar corretamente frutas e legumes por mais tempo?

Conheça os alimentos ricos em Ômega 3

Alimentos ricos em Ômega 3 que não podem ficar de fora da dieta
Alimentos ricos em Ômega 3 que não podem ficar de fora da dieta – Foto: Pixabay

Nosso corpo precisa de diferentes nutrientes para funcionar. Sem eles, podemos sentir os efeitos negativos de uma má alimentação, tendo como resultado uma saúde debilitada. Por isso, separamos os alimentos ricos que Ômega 3 que podem ser consumidos por você com bastante segurança:

Peixes

Os peixes de águas frias são uma das principais fontes desse nutriente. O arenque, o salmão, o atum, a sardinha e o linguado são algumas alternativas para quem quer garantir que não falte Ômega 3 no organismo.

Oleaginosas

As oleaginosas são as castanhas, nozes, amêndoas, pistache. Elas contêm gorduras poliinsaturadas, incluindo o Ômega 3. Para aproveitar ao máximo seus nutrientes e evitar que oxidem, o ideal é comprá-las com casca.

Óleos vegetais

Os óleos vegetais, como o azeite e o óleo de canola, também são uma ótima fonte desse ácido graxo. Inclusive, o óleo de canola tem poucas gorduras saturadas e a maior quantidade de Ômega 3 entre os óleos.

Sementes

Linhaça, chia, cânhamo e outras sementes são uma excelente fonte de deste nutriente. Elas também são ricas em fibras e podem ser utilizadas em receitas para almoço e jantar ou em vitaminas e iogurtes para o lanche.

Camarão

Além dos peixes, os frutos do mar – como os camarões e outros crustáceos – também são fonte desse nutriente. O ideal é optar pelos camarões frescos, para evitar qualquer proliferação de bactérias quando são armazenados de forma errada.

Folhas verde escuras

Os vegetais verdes também contém Ômega 3. Alguns desses alimentos como a couve, brócolis e espinafre são opções para quem busca o ácido graxo em fontes vegetais. Além disso, eles são o carro chefe na dieta.

Leguminosas

Leguminosas como feijão, soja, ervilha e grão-de-bico são outra opção de fonte de Ômega 3. Embora não sejam tão ricas nesse nutriente quanto as sementes ou as oleaginosas, elas devem ser inseridas na sua dieta diária.

Também, veja mais: Saiba como cultivar morango em vasos suspensos: passo a passo facilitado para você se sair bem

Benefícios do Ômega 3

Algumas pessoas preferem trocar esses alimentos e seus sabores por cápsulas. Mas, é importante saber que, embora complementem a ingestão em dietas que carecem desse nutriente, o ideal é sempre consumir naturalmente através da alimentação.

Ou seja, os suplementos só devem ser utilizados quando indicados por um médico ou nutricionista. Portanto, conheça os benefícios do Ômega 3 de forma in natura e porque ele precisa estar inserido na sua alimentação diária:

  • Diminuir o desconforto da TPM;
  • Favorecer a memória;
  • Fortalecer o cérebro;
  • Combater a depressão;
  • Combater doenças inflamatórias;
  • Diminuir o risco de doenças cardiovasculares;
  • Diminuir o colesterol;
  • Melhorar a capacidade de aprendizagem das crianças;
  • Melhorar os rendimentos dos atletas de alta competição;
  • Auxiliar no combate à osteoporose, por aumentar a absorção do cálcio;
  • Diminuir as severidades das crises de asma;
  • Ajudar no combate à diabetes.

Como resultado, os alimentos que são ricos em Ômega 3 são extremamente importantes, e o consumo é fundamental para manter a saúde em dia. E, sempre agregando alguma atividade física e uma alimentação balanceada, você ficará livre dos problemas de saúde.

Concluindo, saiba mais: Como cultivar rosas em vasos: saiba a maneira certa e eficaz com dicas simples

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler mais

Política de Privacidade e Cookies