site statistics

Como cultivar rosas em vasos: saiba a maneira certa e eficaz com dicas simples

Veja como é mais fácil do que se imagina ter uma roseira maravilhosa em casa

Vasos cheios de rosas saltam aos nossos olhos. As roseiras enfeitam e tornam agradável qualquer ambiente. Mas, para fazê-las crescer e produzir aqueles lindos botões, é necessária toda uma técnica de cultivo prévio. Hoje, dia 17 de janeiro, no AgroNews do site Jornal Prime, você vai aprender as técnicas de como cultivar rosas em vasos.

Não é de hoje que beleza dessas flores encanta os seres humanos. Isso acontece desde a antiguidade. Se hoje temos boas técnicas para cultivar rosas em vasos, isso se deve aos vários povos que as desenvolveram ao longo dos séculos.

Veja também: Como plantar cebola em vaso: a maneira mais fácil e eficiente

Saiba como cultivar rosas em vasos

Na fase do preparo para plantar a muda, o vaso deve ser o primeiro foco da sua atenção. Aqui, a informação básica é que os vasos devem conter orifícios que permitam o escoamento da água. Essa drenagem é essencial para a evolução da muda. 

Caso isso não aconteça, a água acumulada vai prejudicar o crescimento. Já o tamanho do vaso, deve obedecer ao tamanho da rosa e, conforme ela cresça, você pode trocar o recipiente. 

Depois que o vaso estiver bem preparado, é hora de colocar a terra para plantar roseira. O solo ideal é o arenoso, pois nele as raízes podem se desenvolver em toda a extensão do vaso, e isso é essencial para criar as lindas flores. Além disso, é importante adubar a terra para enriquecê-la em nutrientes. O ideal para isso é o uso de adubo orgânico.

Fase de cultivo

Agora, o recipiente já está pronto para receber a rosa. Você já pode plantá-la. Cave um buraco central, com certa profundidade no vaso e coloque a planta. Certifique-se de que todas as raízes estejam completamente cobertas.

Depois disso, é hora de regar a planta. É importante deixar claro que as rosas não gostam de excesso de umidade, e por isso, também é importante que o vaso possibilite a drenagem da água. O momento mais recomendado para aguar as rosas é ao meio dia, horário de sol mais forte, em que a evaporação da água não usada pelas raízes ocorre mais rápido. 

Outra informação importante é sobre o ambiente ao qual as rosas devem estar expostas. Nesse ponto, a regra é que a maior parte do tempo elas devem estar expostas aos raios solares. Procure colocá-las longe de sombras, lugares escuros ou frios.

Como cultivar rosas em vaso - reprodução pixels
Como cultivar rosas em vaso: saiba a maneira certa e eficaz, dicas simples – reprodução pixels

Leia mais: Como plantar cebola em vaso: a maneira mais fácil e eficiente

Doenças e pragas

As rosas podem ainda sofrer com pragas causadoras de doenças. Os fungos, como míldio, pinta preta, oídio, Botrytis, podem ser combatidos por meio de pulverizações feitas regularmente. Mas, há também os ácaros, cochonilhas, larvas mineradoras e pulgões. Para esses, você terá que usar inseticidas próprios para roseiras.

Essas são, portanto, as informações mais importantes a respeito de como cultivar rosas em vasos. Agora você já sabe o que fazer para que suas rosas produzam botões cada vez mais belos.

Saiba mais: Como plantar cebola em vaso: a maneira mais fácil e eficiente

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler mais

Política de Privacidade e Cookies