site statistics

Aprenda como plantar romã em vaso: passo a passo descomplicado para cultivar essa fruta em casa

Plantar romã em vaso: uma forma prática e rápida de plantar essa fruta rica em vitaminas, fibras, ácido fólico e antioxidante

Aprenda como plantar romã em vaso de forma rápida e fácil, só aqui no Agronews, neste 02 de março. Fique ligado no Jornal Prime, que, diariamente, tem muita novidade para você. São notícias e dicas práticas para ajudá-lo no dia a dia. 

E hoje, desmistificaremos, mais uma vez, que não tem mistério algum em plantar romã em vaso. Essa fruta, que tem sua origem há cerca de 2.000 anos a. C., na Pérsia, é bastante saborosa. Ademais, traz muitos benefícios para a sua saúde.

Assim, leia mais: Plantas para apartamento: saiba quais são mais adequadas para cultivar em pequenos espaços

Benefícios de plantar romã em vaso: saiba o que essa fruta faz para sua saúde

A Punica granatum, nome científico da romã, é uma fruta citada, inclusive, em textos bíblicos, associada às paixões e fecundidade. A romãzeira se tornou sagrada e associada a imagem da deusa Afrodite, justamente por se acreditar que seu fruto era afrodisíaco. Porém, o que se tem certeza, comprovado cientificamente, que é uma fruta rica em vitaminas C, K e B.

Além disso, ao plantar romã em vaso, você terá em casa uma fruta rica em fibras e ácido fólico. Ou seja, melhora o sistema imunológico e, por ser uma poderosa antioxidante, também protege dos radicais livres. E antes de partir para colocar a mão na massa, você também gostará de saber mais alguns benefícios:

  • Melhora a memória;
  • Reduz pressão arterial e combate doenças cardíacas;
  • Previne o desenvolvimento de alguns tipos de câncer;
  • Tem alívio significativo a artrite reumatoide;
  • Auxilia na perda de peso;
  • Combate a acne;
  • Auxilia no crescimento saudável do cabelo.

São muitos benefícios para uma planta que dá frutos quase o ano todo. E outro benefício de você cultivar a sua fruta, seja qual for, é que ela estará livre de agrotóxicos. Só por isso já vale colocar a mão na massa.

Portanto, confira também: Como cultivar manjericão em vaso: siga essas dicas práticas e simples para ter a erva sempre ao alcance

Aprenda como plantar romã em vaso: passo a passo descomplicado para cultivar essa fruta em casa - Reprodução Canva Pro
Aprenda como plantar romã em vaso: passo a passo descomplicado para cultivar essa fruta em casa – Reprodução Canva Pro

Hora de colocar a mão na massa e plantar romã em vaso

Após ver o que o romã pode fazer para a sua saúde e da sua família, vamos para o que realmente interessa. Ou seja, hora de sujar as mãos de terra. Mas, anote aí o que você precisará, para não ter que correr atrás depois.

  • Sua muda de romã gerada por alporquia ou enxerto;
  • Papel higiênico, toalha ou filtro de café;
  • Argila expandida, brita, pedrisco ou cacos de telha;
  • Areia grossa e terra de jardim;
  • Esterco curtido de aves;
  • Vaso de plástico de aproximadamente 20 litros.

Importante que sejam feitos furos embaixo do vaso para a drenagem. E o substrato você irá fazer com 30% de areia grossa e os 70% restantes com terra de jardim. O adubo orgânico (esterco) será usado posteriormente.

Momento de preparar a drenagem

Você forrará o fundo do vaso, já devidamente furado, com papel higiênico ou papel toalha. Na falta destes dois, pode forrar com filtro de café, sem problemas, pois ajudará a não sujar o chão com terra, na hora da rega.

Posteriormente, hora de colocar a argila expandida, brita, pedrisco ou cacos de telha até uns 7 cm, aproximadamente. Isso porque a romã é muito sensível à umidade, então, quanto melhor a drenagem, melhor.

Cuidado no preparo da terra

É importante que o solo seja bem drenado. Logo, hora de colocar ⅓ do vaso da terra que você já deixou preparada. Feito isso, é hora de colocar a muda no vaso, mas tenha cuidado ao tirar do saquinho para que o torrão não se desmanche.

Hora de plantar romã em vaso definitivamente, ou seja, coloque-a no meio do vaso e complete com o substrato. Antes de chegar a uns três dedos, na altura do torrão, complete com duas mãos de esterco de forma homogênea. 

Adicione mais um pouco de terra, dê uma compactada com as mãos e use o peso do seu corpo. Dê uma boa regada e, logo em seguida, coloque mais uma mão de esterco, complete com terra. 

Rega e dicas finais

Depois que você colocar a última camada de terra, preencha com argila expandida. Ele deixa o acabamento mais bonito, bem como também ajuda na drenagem da sua planta.

Regue a cada dois dias, mas sem exageros, pois a romã não gosta de umidade. Verifique como está o substrato. Se úmido, pule a rega. Se seco, hora de umedecer o solo.

Após sete dias, você pode colocar o vaso em local onde a planta pegue sol a pleno. E para ajudar na frutificação e deixar a sua planta saudável, adube a cada 35 dias com esterco de aves. A adubação, assim como a rega, é melhor errar para menos do que para mais, pois excessos podem prejudicar o desenvolvimento.

O seu pé de romã poderá dar frutos ainda no segundo ano. Porém, a sua produção a pleno, somente a partir do 5° e 6° ano. Mas, vale a pena esperar pela quantidade de benefícios que ela trará para você e sua família. 

E por fim, conte-nos como foi a sua experiência de plantar romã em vaso. Deixe uma mensagem em nosso formulário abaixo e compartilhe essa matéria com amigos, vizinhos e familiares.

Ademais, leia também: Saiba como fazer azeite de abacate com esse passo a passo super prático

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler mais

Política de Privacidade e Cookies