site statistics

Como plantar pepino japonês: aprenda dicas fáceis de cultivo dessa planta

Veja o método mais simples e prático que há para plantar o pepino japonês

O pepino japonês é assim conhecido por ser um dos componentes das sunomono, que são saladas japonesas. Ele se diferencia dos demais –  o caipira e o oadai– pelo seu formato mais alongado e firme. Além disso, dos três, ele costuma ser o de sabor mais agradável. E hoje, dia 09 de fevereiro, aqui no AgroNews, do site Jornal Prime, você aprenderá como plantar pepino japonês da melhor maneira.

O pepino tem origem indiana e é bastante rico em água. No Brasil, ele é muito consumido nas refeições, seja cru ou cozido. Por isso, saber como plantar pepino japonês, o melhor dentre os tipos existentes, é uma boa forma de tê-lo sempre à mão sem gastar tanto, visto que ele é tão caro quanto saboroso.

Leia também: Como plantar melão amarelo com facilidade no quintal de casa: dicas exclusivas para você se sair bem

Como plantar pepino japonês

Como plantar pepino japonês - Foto: Pixels
Como plantar pepino japonês – Foto: Pixels

O cultivo do pepino japonês – e dos tipos de pepino em geral – costuma ser bem simples. Apenas é preciso se atentar para as necessidades próprias da planta. Em regra, ela exige muita água, uma boa iluminação e um solo solto e bem adubado. Veja agora quais são as etapas da plantação.

Passo a passo de como plantar pepino japonês

Primeiramente, você deve decidir se fará o cultivo a partir de mudas já prontas ou de sementes, no local definitivo. De antemão, já saiba que a última opção é a mais recomendada, pois os pepinos costumam sofrer com os transportes de um local a outro.

Contudo, se sua situação pede as mudas, entenda aqui como prepará-las: de início, é necessário ter um pequeno pote de plástico que servirá como vaso. Para ele, a única exigência é que tenha pequenos furos que permitam a drenagem da água. Depois, prepare a terra. Esta deve ser bem solta e rica em nutrientes.

Veja mais: Como plantar acerola no quintal? Veja técnicas infalíveis

Feito isso, basta semear duas ou três sementes e regar pela primeira vez. Após uma semana, elas começam a germinar, e em três semanas, quando as mudas já contarem com 10 cm ou 15 cm, será o momento de transferi-las para um local definitivo. Para isso, faça covas de boa profundidade – 30 cm ou 40 cm – e plante as mudas.

No caso do plantio direto das sementes, onde se opta por não fazer as mudas, o processo é bem parecido, ainda que mais rápido. Para a preparação do solo, vale a mesma regra: terra bem solta e adubada com matéria orgânica, pois, o solo com essas características permitirá que as raízes se desenvolvam e que a água seja drenada.

Além disso, o pepino prefere climas quentes, logo, é necessário que o local receba boa iluminação dos raios solares, por pelo menos 4 horas diárias. Por fim, semeie entre 4 e 6 sementes por cova, e após a germinação, você pode retirar as mais fracas. A irrigação deve ser feita 1 vez ao dia. Atente-se para não encharcar o solo. O período para que os primeiros frutos apareçam é de 2 a 3 meses.

Cuidados necessários

Os pepinos são suscetíveis a ataques de fungos como o oídio e o míldio. Eles atacam as folhas da planta e isso acontece principalmente quando elas estão molhadas. Para combatê-los, evite molhar as folhas durante a rega. Além disso, é necessária a pulverização com produtos a base de cobre e cal. 

Então, com essas dicas, você já sabe tudo a respeito de como plantar pepino japonês. Basta agora colocar em prática esses ensinamentos e em poucos meses você estará colhendo seus primeiros frutos.

Saiba mais: Qual palmeira plantar no seu quintal? Veja agora os melhores modelos para decorar o jardim

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler mais

Política de Privacidade e Cookies