site statistics

Dólar hoje : Cotação da moeda para esta sexta-feira (30)

Dólar hoje: veja aqui a cotação da moeda

Para esta sexta-feira, feriado em todo o país, a cotação do dólar é: R$R$ 3,3033. A atualização foi feita às 9 h (horário de Brasília).

A moeda sofre uma ligeira queda em relação aos últimos dias.

Dólar Comercial: R$ 3,3033.
Dólar Turismo: R$ 3,4500.

Por que o dólar sofre tanta alteração no Brasil?!

É inegável a importância e autoridade que o dólar detém no mercado. Por ser a moeda oficial da maior economia do planeta (os Estados Unidos), a maioria das transações mundiais são realizadas utilizando a moeda norte-americana.
Mas você sabe o real motivo que leva o preço do dólar sofrer tantas alterações aqui no Brasil?! Se não sabe, nós te explicamos.

É tudo muito simples. Assim como qualquer outro produto, o preço da moeda varia obedecendo a lei da oferta e da procura. Isto é, se falta dólar no mercado, logo seu valor tenderá a subir, em função, claro, do espaço aberto para a concorrência; no entanto, quando a moeda está sobrando, automaticamente, ela sofrerá desvalorização.

Corriqueiramente, o governo brasileiro, por meio do Banco Central, tenta controlar as oscilações da moeda norte-americana. E, é o próprio Banco Central, que divulga diariamente a taxa de câmbio (preço do real em relação ao dólar).

Entretanto, dentro desse contexto é importante observar que, a taxa de câmbio divulgada pelo Banco Central é apenas uma referência baseada em uma média específica. Em outras palavras, o valor proposto é flexível. Desse modo, tanto os que compram dólar, bem como os que vendem a moeda, têm o total direito de negociar valores, sem nenhum impeditivo.

Dólar Turismo e Dólar Comercial: qual a REAL (R$) diferença?!

Naturalmente você já deve ter visto as diferentes cotações do dólar no país, não é mesmo?! Mas você sabe a real diferença entre dólar comercial e dólar turismo?!

Cada uma dessas cotações tem uma finalidade. A primeira, que leva o nome de dólar comercial, de maneira simplificada, pode-se afirmar que é aquela direcionada às organizações em suas operações de exportação e/ou importação, remessas, recebimentos e empréstimos no exterior. Já a segunda, denominada dólar turismo, é a cotação, por exemplo, para quem compra moeda em espécie para uma viagem internacional, faz gastos em lojas no exterior utilizando cartão de crédito entre outros.

Apesar de ter como base a cotação do dólar comercial, o dólar turismo acaba sendo um pouco mais caro. Isso ocorre devido a acréscimos de custos administrativos, de logística e de seguro.

Dólar alto x dólar baixo: quem ganha e quem perde?!

Dólar alto
Com o preço do dólar atingindo uma cotação mais elevada, alguns setores poderiam comemorar, como é o caso, por exemplo, da indústria exportadora no Brasil. A lógica é simples: gastar-se-ia em reais para produzir e vender-se-ia em dólares, logo, a margem de lucro seria maior.

O turismo nacional também tenderia a se fortalecer. Com o real em baixa em relação ao dólar, turistas estrangeiros poderiam ser atraídos para o país, aquecendo o mercado de hotéis, agências turísticas, restaurantes e comércios em geral. O próprio brasileiro que já tem incutido o hábito de viajar, também poderia trocar os destinos internacionais pelos nacionais.

Quem também tenderia a ganhar nesse tipo de cenário seriam as empresas que não precisam importar matérias-primas. Elas poderiam se tornar mais competitivas perante os produtos estrangeiros, que naturalmente ficariam mais caros.

Dólar baixo
Com o dólar em baixa, os consumidores, certamente, seriam os primeiros a vibrarem. Passagens aéreas para o exterior com preços mais baixos e a oportunidade de comprar produtos importados por valores mais acessíveis, são algumas das vantagens que poderiam ser adquiridas.

Além disso, há a possibilidade de redução da inflação, com empresas nacionais reduzindo seus preços para manterem-se competitivas ante aos produtos importados.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler mais

Política de Privacidade e Cookies