site statistics

Cultivar cravo-da-índia em vaso é mais fácil do que você pensa: veja agora esse passo a passo descomplicado

Veja agora o que fazer para consegui ter um cravo-da-índia em casa

O cravo-da-índia, ou cravinho, é uma planta antiquíssima originária da Indonésia. Atualmente, ele está espalhado por todo o mundo. E é utilizado com várias finalidades: uso na culinária, pela indústria de cosméticos, para fins medicinais, etc. Por isso, hoje, 01 de março, aqui no Agronews, do site Jornal Prime, você entenderá como cultivar cravo-da-índia em vaso de uma maneira bem simples.

Desde a antiguidade essa planta é cultivada. Na verdade, ela era uma das mercadorias que os europeus traziam de suas viagens ao continente asiático. Os chineses a atribuíam um poder afrodisíaco, e sua flor era um ótimo antisséptico. Além, claro, de suas propriedades medicinais que ainda funcionam em nossos dias. Então, com tantas utilidades, cultivar cravo-da-índia em vaso é uma ótima opção de plantação.

Leia mais: Aproveitando a ameixa: veja como se beneficiar da fruta da melhor maneira

Cultivar cravo-da-índia em vaso

Cultivar cravo-da-índia em vaso - Foto: Pixabay
Cultivar cravo-da-índia em vaso – Foto: Pixabay

O processo de plantação é dos mais simples, você o faz  muito rapidamente e poucos são os materiais necessários. Nem mesmo um grande espaço é exigido – sobretudo porque você usará um vaso.

Para fazer o plantio, você pode escolher entre começar desde as sementes de cravo-da-índia, e a partir delas, formar suas próprias mudas. Além disso, também é possível optar por adquirir essas mudas já prontas e, com elas já bom tamanho, iniciar o cultivo.

Veja também: Aprenda como cultivar flor-de-maio tanto na terra, quanto no vaso e tenha lindas plantas em sua casa

Confira a técnica de como plantar cravo-da-índia em vasos

Primeiro de tudo, se você for daqueles que preferem usar as sementes, junte um punhado delas e coloque de molho. Deixe-as assim durante 4 dias. Enquanto isso, você pode ir preparando o substrato em que elas serão colocadas. Aliás, esse substrato também servirá para o vaso onde a planta ficará definitivamente.

O trabalho com o solo é bem simples. As exigências é que ele seja bem adubado com matéria orgânica e que seja bem solto para permitir que as raízes se desenvolvam. Isso você consegue misturando à terra uma boa porção de areia. Encha com esse substrato o local onde você plantará as sementes, que pode ser um vaso bem pequeno, ou mesmo os saquinhos pretos próprios para mudas de plantas.

Passados os 4 dias, volte às sementes que ficaram de molho. O próximo passo é, então, tirar de cada uma, a polpa. Depois disso, elas estarão prontas para a plantação. Execute o procedimento normal do plantio de qualquer grão: abra uma pequena cova rasa, no substrato que está no saquinho de muda ou no recipiente que você for usar, e ponha a semente. Não é preciso enterrar muito. Assim, 10 dias depois da semeadura, a germinação começará. Quando as mudas atingirem cerca de 30 cm, levando, aproximadamente, 8 meses, você pode transferi-la de vez para o vaso. 

Cuidados do cultivo

A primeira colheita do cravinho só é possível a partir do quinto ano. Quanto à rega, faça-a diariamente. Ainda, atente-se para o ataque das pragas: cochonilhas e brocas são as mais comuns. Para combatê-las, repelentes e inseticidas caseiros são muito úteis. 

Então, agora você já sabe o que é necessário para cultivar cravo-da-índia caseiro em vaso. Portanto, basta colocar a mão na massa e você conseguirá ter essa planta bonita e saudável na sua casa.

Saiba mais: Benefícios da ameixa: saiba todas as vantagens de consumo dessa fruta maravilhosa

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler mais

Política de Privacidade e Cookies